quinta-feira, 27 de agosto de 2009

LENDA YEMONJA OGUNTÉ


Uma das lendas de Yemonja Ogunté
Vive nos arrecifes próximo das praias, é a guardiã de seu pai Ólóókún. Sob este nome , ela é a mulher de Ógún , o deus da guerra .
É uma terrível amazonas , que trás pendurado em sua cintura um enorme facão e outros instrumentos de ferro. É muito severa, racorosa e violenta , não deixa nada a desejar a divindade Yansã em sua fúria.
Iya Ógunté, é a mãe de Ógún Akorô e Ósóósi .
Esta Yemonja´, representa as águas revoltas do mar , hora aparece como uma mãe furiosa, hora como a mais terna das mães.
Ela cerca seus filhos como uma mãe animal, os protegendo sempre, sacrificando a própria vida para salvá-los em qualquer ocasião . Porem torna-se uma mãe impiedosa para eles a obedecerem .
Conta um Ita , que Ógún seu filho estava acuado a mercê dos inimigos.
Ésú correu até onde Yemonjá estava, no fundo do mar, avisou a ela, que Ógún seria morto pelos inimigos, desesperada Yemonjá correu ao seu auxílio antes porem, seu pai a advertiu:
- Minha filha, se você deixar o fundo do mar e for acudir seu filho, jamais
poderás voltar ao fundo das águas.
Ela tomou a benção ao seu pai, passou a mão em sua espada , e com Ésú chegou até onde Ógún se encontrava em luta.
Ela chegou e entrou, ferozmente na batalha, ajudando a seu filho a vencer, ele encontrava-se ferido, daí por diante nasceu o culto a Yemonjá Ógúnté (aquela que come Ógún) ou (aquela que caminha com Ógún
)

COLETÂNEA TATA GONGOFILA

2 comentários:

Alan disse...

Iemanjá Oguntè é um orixá pertencente ao panteão Nagô, não é um nkisi.

TATA GONGOFILA disse...

Prezado Alan, já consertamos, colocar nkice já um hábito dos angoleiros.

Postar um comentário

Em "comentar como" selecione "nome/url" e escreva seu nome.